Pirarucu


• Nome científico: Arapaima gigas
• Classe: Peixes
• Hábitos alimentares: Carnívoro
• Status de conservação: Dados Insuficientes


Informações gerais:

Este peixe é um dos maiores de água doce do mundo e é um respirador aéreo. Apesar de ficar de 10 a 20 minutos submerso, normalmente se mantém próximo da superfície - local onde caçam e emergem para respirar, fazendo um barulho bastante característico.

Longevidade:

20 anos.

Dieta:

Sua dieta natural consiste principalmente de peixes. No Aquário de São Paulo consomem postas de peixes e ração.

Tamanho:

4,5m.

Peso:

200kg.

Distribuição geográfica:

Lagos e rios da bacia Amazônica, no Brasil, Peru e Guiana.

Conservação:

Devido ao comportamento de ficar próximo à superfície, os pirarucus ficam vulneráveis à predação humana.

Habitat:

Habitam lagos inundáveis, bem como grandes afluentes da Bacia Amazônica.

Reprodução:

A reprodução ocorre na época chuvosa, normalmente de Fevereiro a Abril, sendo que a postura dos ovos ocorre entre Abril e Maio.

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Amazônia.