Raia-Prego


• Nome científico: Hypanus americanus
• Classe: Peixe
• Hábitos alimentares: Carnívoro
• Status de conservação: Dados Insuficientes


Informações gerais:

As raias apresentam uma adaptação morfologia especial, seus corpos são dorso ventralmente achatados favorecendo a natação no fundo de rios e mares. As raias prego, Hypanus americanus, costumam ficar enterradas deixando expostos somente os olhos, porém quando se sentem ameaçadas podem utilizar seu ferrão localizado na base da cauda para se defender.

Longevidade:

28 anos.

Dieta:

São animais oportunistas que forrageiam o fundo do mar continuamente, se alimentando principalmente de invertebrados que vivem no fundo ou enterrados, como crustáceos, e de peixes ósseos de fundo. No Aquário de São Paulo são oferecidos diariamente vários tipos de peixes, lula, camarão e marisco.

Tamanho:

2 metros de comprimento.

Peso:

135,6kg.

Distribuição geográfica:

Em toda costa ocidental do Oceano Atlântico.


Conservação:

Esses animais são pescados acidentalmente nas redes de espera, e como não apresentam interesse para o consumo alimentar, são descartados no mar.

Habitat:

Habitam fundos arenosos, lagunas, ambientes recifais e camas de grama marinha. Frequentemente são vistas em baías e estuários.

Reprodução:

São animais ovovivíparos e apresentam um período entre 4,5 e 9 meses de gestação, onde nascem entre 2 e 10 filhotes. A reprodução pode acontecer até duas vezes por ano.

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Mundo Marinho.