Dragão-barbudo


• Nome científico: Pogona vitticeps
• Classe: Réptil
• Hábitos alimentares: Onívoro
• Status de conservação: Não Avaliado


Informações gerais:

Essa espécie é chamada de dragão-barbudo por ser um réptil que possui escamas espinhosas, dando a aparência de possuir uma barba. Quando ameaçados, eles podem exibir essa barba (inflando-a) a fim de intimidar o inimigo.

Longevidade:

Há relatos de viverem até 10 anos.

Dieta:

Em ambiente natural se alimentam principalmente de insetos, folhas e frutos em menor quantidade. No Aquário de São Paulo, consomem principalmente folhas, legumes, insetos e ração.

Tamanho:

60cm (sua cauda pode possuir até 30cm).

Peso:

510g.

Distribuição geográfica:

Austrália (New South Wales, norte e sul australiano, Queensland, Victoria)

Conservação:

Esta espécie sofreu forte ameaça para o comércio de pet, porém desde os anos 1960 este foi proibido.

Habitat:

Habita regiões áridas a desérticas e de savana.

Reprodução:

Os machos se envolvem em disputas para definir a estrutura reprodutiva após o período de inverno. As fêmeas liberam de 11 a 30 ovos.

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Água Doce.