Monstro-de-gila


• Nome científico: Heloderma suspectum
• Classe: Réptil
• Hábitos alimentares: Carnívoro
• Status de conservação: Quase Ameaçado


Informações gerais:

Como uma adaptação ao ambiente áspero do deserto, monstros-de-gila gastam grande parte do seu tempo em tocas subterrâneas, hibernando durante o inverno e se protegendo do sol do meio-dia nos meses de verão escaldante. É um dos poucos lagartos venenosos do mundo. Seu veneno não é fatal para o ser humano: dele extrai-se uma substância usada para produção de medicamento contra diabetes tipo 2.

Longevidade:

20 anos.

Dieta:

Em ambiente natural alimentam-se principalmente de aves, pequenos lagartos, camundongos e ovos. No Aquário de São Paulo consome diversos tipos de proteínas (ovos, carnes bovinas, carnes de aves, etc).

Tamanho:

58cm.

Peso:

1,82kg.

Distribuição geográfica:

EUA e México.

Conservação:

As principais ameaças são o uso ilegal e a perda de habitat devido à urbanização e ao crescimento de áreas para agricultura. A ameaça por atropelamento vem sendo cada vez mais significante para a espécie.

Habitat:

São encontrados exclusivamente em áreas áridas.

Reprodução:

Reproduzem-se durante a primavera, estação em que são mais ativos. A fêmea pode deposita aproximadamente 12 ovos que levam cerca de 1 ano para eclodir (apenas na próxima primavera).

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Água Doce.