Jacaré-do-papo-amarelo


• Nome científico: Caiman latirostris
• Classe: Reptilia
• Hábitos alimentares: Carnívoro
• Status de conservação: Menos preocupante


Longevidade:

22 anos.

Dieta:

Em ambiente natural alimentam-se principalmente de peixes, vertebrados terrestres e invertebrados como moluscos. No Aquário são alimentados com carne bovina, frango e tilápia.

Tamanho:

3,5m.

Distribuição geográfica:

Ocorre no norte da Argentina, na Bolívia, no Paraguai, no Uruguai e no Brasil.

Conservação:

Sua principal ameaça é a caça ilegal, apesar de ser uma atividade que tem diminuído sua frequência devido à dificuldade de encontrar os animais. A espécie também sofre ameaças com a degradação do habitat.

Habitat:

Habitam manguezais de vegetação densa ou diques de drenagem do Oceano Atlântico.

Reprodução:

São animais ovíparos que colocam de 20 a 50 ovos. Para fazer o ninho, procuram lugares de difícil acesso cavando um buraco no chão e utilizam galhos, areia e folhas para cobrir o mesmo. O sexo dos jacarés é definido pela temperatura da encubação dos ovos. Altas temperaturas tendem a produzir filhotes machos e temperaturas mais baixas, fêmeas. O período de nidificação coincide com as enchentes (janeiro a março). Com período de incubação de 70 dias.

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Água Doce.