Tartaruga-do-ouvido-vermelho


• Nome científico: Trachemys scripta elegans
• Classe: Réptil
• Hábitos alimentares: Onívoro
• Status de conservação: Menos Preocupante


Informações gerais:

É uma subespécie de Trachemys scripta, o tigre dágua. Essa espécie foi introduzida no Brasil, sendo a tartaruga invasora mais comum do país. Por isso é extremamente necessário ter uma posse responsável de pets, sabendo a origem dos animais e garantindo que não haverá liberação em ambiente natural, caso a pessoa não se interesse em manter o animal.

Longevidade:

30 anos.

Dieta:

São animais onívoros que alimentam-se principalmente de plantas aquáticas, insetos, moluscos, crustáceos e pequenos peixes. As mais jovens preferem carnes e as mais velhas preferem folhas. No Aquário de São Paulo consomem folhas, pequenos insetos e proteínas (peixes, carne bovina, carne de aves, etc).

Tamanho:

29cm.

Peso:

2,5kg.

Distribuição geográfica:

Nativa da América do Norte, porém foi introduzida em diversos países.

Conservação:

Essa espécie sofre ameaças por degradação de habitat, atropelamentos, poluição e coleta ilegal. Apesar disso, por ter sido introduzida em muitos países, a espécie não encontra-se ameaçada de extinção.

Habitat:

Pode habitar uma grande variedade de ambientes de água doce.

Reprodução:

Reproduzem-se anualmente e a fêmea pode depositar até 6 ninhadas de até 30 ovos que levam cerca de 2 a 4 meses para eclodir. A maturidade sexual é atingida entre o terceiro e quarto ano do animal.

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Água Doce.