Sapo Barriga de Fogo


• Nome científico: Bombina orientalis
• Classe: Anfíbio
• Hábitos alimentares: Carnívoro
• Status de conservação: Menos preocupante.


Origem:

As primeiras bombinas que vieram para o Aquário de São Paulo foram doadas por nossos visitantes. Como foram mantidas em um ambiente apropriado e enriquecido, houve alguns nascimentos e hoje grande parte das bombinas encontradas no Aquário são nascidas na nossa instituição.

Informações gerais:

Essa é uma espécie ativa durante o dia, porém pode hibernar entre Setembro e Maio. A hibernação pode ocorrer em grupos de até 6 indivíduos.

Longevidade:

30 anos.

Dieta:

Em ambiente natural se alimenta principalmente de insetos, artrópodes, moluscos, minhocas, algas e fungos. No Aquário de São Paulo consomem ração, minhoca, pequenos insetos e variedade de peixes.

Tamanho:

8cm.

Distribuição geográfica:

Ocorre na China, na Korea, na Tailândia e no Japão.

Conservação:

Essa espécie é ameaçada por degradação e perda de habitat.

Habitat:

Ocupam uma variedade de habitats, sendo encontrados principalmente em florestas de coníferas e folhas largas, em campos abertos, em vales de rios e em terras pantanosas.

Reprodução:

Os machos realizam uma vocalização de chamado para as fêmeas enquanto boiam em águas rasas. Normalmente há mais machos do que fêmeas em locais de reprodução. Quando o macho encontra uma fêmea disponível, eles formam o amplexo (posição em que o macho abraça a fêmea por trás, para facilitar a fertilização dos ovos).

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Água Doce.