Tubarão-Galha-Branca-de-Recifes


• Nome científico: Triaenodon obesus
• Classe: Peixe
• Hábitos alimentares: Carnívoro
• Status de conservação: Quase Ameaçada


Informações gerais:

Esta é uma espécie de tubarão não agressiva que é capaz de bombear água para auxiliar na sua respiração, sem ter que nadar constantemente. Devido a essa capacidade, Bali (como é chamada a fêmea desta espécie que vive no Aquário de São Paulo) nem sempre pode ser vista, pois muitas vezes encontra-se parada e escondida por seu recinto.

Longevidade:

25 anos.

Dieta:

Em ambiente natural, alimenta-se principalmente de peixes, mas também de moluscos e crustáceos. No Aquário de São Paulo sua principal dieta é uma variedade de peixes, porém também recebe lula e crustáceos.

Tamanho:

213cm.

Peso:

18,3kg.

Distribuição geográfica:

Ocorre na costa do Indo-Pacífico.

Conservação:

A maior ameaça para esta espécie é a captura em pescas tropicais. Apesar de ter capacidade moderada de repovoamento, a elevada pressão da pesca tem diminuído os estoque populacionais.

Habitat:

Habitam recifes de corais.

Reprodução:

Os machos se unem em grupos de até 100 indivíduos para buscar uma fêmea em maturidade sexual. A cópula ocorre entre o outono e o inverno. A fêmea apresenta uma gestação de aproximadamente 5 meses, nascendo de 2 a 3 filhotes.

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Mundo Marinho.