Ursos no Aquário de São Paulo

Recinto

O recinto dos ursos polares possui uma área de 1500 metros quadrados e pode ser dividido em duas áreas distintas caso seja necessário separar os animais. A parte aquática do recinto possui 1 milhão de litros de água, com uma coluna d’água de 4 metros. Além da área de exposição o recinto conta com 5 cambeamentos e uma maternidade.

Temperatura e qualidade da água

Não há uma determinação científica das temperaturas mínimas ou máximas para ursos polares em zoológicos e aquários. Embora os ursos polares provenham de um ambiente frio, a maioria é tolerante a temperaturas flutuantes, desconhece-se uma faixa de temperatura ótima para ursos polares. Monitoramos diariamente a temperatura e a qualidade da água, para garantir que os animais recebem os melhores cuidados possíveis.

Dieta

Os ursos polares são os maiores carnívoros terrestres do mundo, na natureza a principal presa dos ursos polares é a foca anelada (Pusa hispida), uma rica fonte de gordura. Em cativeiro temos que oferecer uma dieta equilibrada que atenda as necessidades nutricionais dos animais. A Aurora e o Peregrino juntos comem cerca de 40 kg de comida por dia, são alimentados com carne porco, boi, frango e peixes (salmão, anchova, entre outros), para suprir a necessidade de gordura oferecemos a barriga do porco. Os ursos também se alimentam de frutas (melancia, pera e uva), alface, abóbora e grãos (trigo e aveia).

Reprodução

Muitos aspectos da biologia reprodutiva do urso polar dificilmente podem ser estudados no ambiente natural. Além disso, muitas questões relacionadas com a sua ecologia reprodutiva são de grande interesse para a reprodução em cativeiro e para o desenvolvimento de estratégias de conservação para as populações naturais. No ambiente natural os ursos polares acasalam entre março e maio,no entanto, dados sobre o tempo de cópula, parto, e comportamento reprodutivo são escassos em populações selvagens e difíceis de obter.No entanto, muitos aspectos da história de vida só podem ser documentados por observação constante em cativeiro.

É necessário separar o macho da fêmea quando ela está grávida, e fornecer um local para a toca, onde o animal possa se sentir protegido.Fêmeas grávidas tendem a ganhar muito peso e normalmente reduzem sua atividade, antes do nascimento muitas fêmeas apresentam alterações no comportamento, como a perda de apetite, aumento da quantidade de tempo na toca ou ficam inquietas. Atualmente não há nenhum teste de gravidez para ursos polares.

28,10,0,50,1
600,600,60,1,3000,5000,25,800
90,150,0,50,12,30,50,1,70,12,0,50,0,1,0,5000
Urso Polar
Saiba Mais
Características
Saiba Mais
Distribuição
Saiba Mais
Alimentação
Saiba Mais
Reprodução
Saiba Mais
Ameaças
Saiba Mais
Curiosidades
Saiba Mais
Visite-nos nas Redes Sociais:
Aquário de São Paulo • 2017 © Todos Direitos Reservados
Acesse a Homepage do ASP