Tambaqui


• Nome científico: Colossoma macropomum
• Classe: Peixe ósseo
• Hábitos alimentares: Onívoro
• Status de conservação: Não Avaliado (NE)


Origem:

Nossos tambaquis foram transferidos de um criadouro legalizado. Desde que chegaram, nos ajudam a apresentar um peixe muito conhecido pelos brasileiros pelo seu consumo, mas que também apresenta grande importância para o equilíbrio ecológico em seu ambiente natural.

Informações gerais:

É uma espécie solitária e muito usada na aquicultura, visto que é de interesse alimentar e bastante resistente.

Longevidade:

20-25 anos.

Dieta:

Em ambiente natural, se alimenta de zooplancton, insetos, moluscos e plantas. No Aquário de São Paulo consomem ração, legumes e frutas.

Tamanho:

108cm.

Peso:

40kg.

Distribuição geográfica:

Ocorrem nas bacias Amazônica e do Orinoco.

Conservação:

A maior ameaça para a espécie é a exploração direta (para fins alimentares). Apesar disso, estão também sofrendo ameaças pela poluição das águas por atividades agrícolas e pelo desmatamento das margens dos rios.

Habitat:

Habita regiões de água negra e matas inundáveis.

Reprodução:

A desova ocorre nos períodos de chuva e a proporção sexual varia de acordo com o tamanho dos indivíduos.

Localização no Aquário de São Paulo:

Setor Amazônia.